Eleições 2018

Acir, Expedito, Ivo, Maurão ou Vinícius? Quem será o próximo governador de RO?

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindoPORTO VELHO- O quadro sucessório em Rondônia ainda está indefinido, assim como no Brasil para presidente da República. Cinco candidatos ao governo de Rondônia pontuam nas principais pesquisas e enquetes divulgadas nas redes sociais e nos principais meios de comunicação. São eles em ordem alfabética: Acir Gurgacz (PDT), Expedito Júnior (PSDB), Ivo Cassol (PP), Maurão de Carvalho (MDB) e Vinícius Miguel (REDE). Quais as chances de cada um?

Acir Gurgacz– Senador da República, no segundo mandato, já foi prefeito de Ji-Paraná. É do PDT, partido de esquerda que faz oposição ao governo Michel Temer. Votou a favor do impeachment de Dilma, mas disse que ela é inocente. Tem o apoio formal do vice-governador Daniel Pereira (PSB) e do prefeito de Ji-Paraná Jesualdo Pires (PSB). Chances: é apontado como o favorito em todas as pesquisas mas sofre resistência da esquerda porque votou pelo impeachment de Dilma.

Expedito Jr.-Ex-senador da República, Expedito Júnior trava uma batalha com o ex-deputado federal José Guedes pela indicação do PSDB ao governo de Rondônia. Selou um acordo informal com o senador Ivo Cassol (PP) e poderá ser candidato ao governo ou a vice-governador numa aliança PP-PSDB. Chances: Ivo Cassol é galo de briga com histórico de muitas vitórias. Numa aliança, Expedito teria muitas chances de chegar ao segundo turno.

Ivo Cassol– O senador Ivo Cassol (PP) vai travar uma batalha para ser candidato ao governo de Rondônia. Vai ter que cumprir pena de quatro anos de serviços prestados à comunidade a partir do final do mês. Para disputar o governo, a defesa dele vai entrar com pedido de prescrição da pena no Supremo e assim acabar com a inelegibilidade de oito anos. Chances: É um fortíssimo candidato. E se, tiver Expedito como vice, capaz de ganhar no primeiro turno, repetindo o feito de 2002.

Maurão– O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Maurão de Carvalho (PMDB) é o sucessor natural do governador Confúcio Moura (PMDB).  Chances: tem uma boa base no interior, mas as chances deles são medianas. Precisa fazer boas alianças. De cara, perderá o apoio do PSB do vice-governador Daniel Pereira que declarou apoio à Acir Gurgacz.

Vinícius Miguel– Nome novo na disputa. Nunca participou de eleições como candidato. Filiado recentemente à Rede Sustentabilidade, Vinícius Miguel tem 33 anos e uma vasto currículo. Talvez, o melhor currículo dentre todos os candidatos acima citados. Chances: se souber cativar o eleitor que deseja mudanças, poderá surpreender. Tem aceitação em toda a esquerda e é o preferido do meio acadêmico.

 

 

 

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais acessadas

To Top