Eleições 2018

CASSOL E RAUPP REALMENTE ESTARÃO FORA DO PÁREO EM 2018

Ivo Cassol na maior intimidade com Marcelo Odebrecht

PORTO VELHO- Os ex-governadores de Rondônia e atuais senadores Valdir Raupp (PMDB) e Ivo Cassol (PP) são cartas fora do baralho nas eleições de 2018. As delações contundentes e inequívocas de diretores da Odebrecht não deixam dúvidas de que ambos receberam vantagens indevidas, ou seja, propina. Cassol nega, mas as evidências deixam claro de que ele gozava de “prestígio” junto ao clã Odebrecht.

LEIA AQUI TUDO SOBRE IVO CASSOL E A ODEBRECHT

LEIA AQUI TUDO SOBRE RAUPP E ODEBRECHT

Restarão aos dois indicarem parentes para disputar cargos majoritários. Raupp poderá indicar a deputada federal Marinha Raupp (PMDB) e Ivo Cassol, a irmã Jaqueline Cassol (PR) para o Senado Federal.

A ex-senadora Fátima Cleide (PT) está sendo incentivada pela militância a disputar o governo ou o Senado Federal. Correligionários do governador Confúcio Moura (PMDB) também querem vê-lo no Senado Federal. O prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB) é nome certo na disputa para uma das duas vagas de senador da República.

O senador Acir Gugacz (PDT) já se articula como candidato ao governo de Rondônia. Longe da tempestade ocasionada pela Operação Lava Jato, Gurgacz é um nome certo na disputa pela sucessão em 2018.

Dentro do PMDB, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Maurão de Carvalho não tem chances de ser indicado candidato o governo ou ao Senado Federal, mas ele vai buscar apoio para que seu nome possa ser referendado junto aos correligionários.

MAIS RO

 

Mais acessadas

To Top