Eleições 2018

CONFÚCIO MOURA DEIXARÁ LEGADO MAS PODERÁ NÃO FAZER O SUCESSOR

PORTO VELHO- Com uma impressionante aprovação popular e com bom trânsito na Assembleia Legislativa, o governador do Estado de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB) poderá não fazer o sucessor dele em 2018. Como assim? A explicação é bem óbvia e está nos noticiários. O partido dele, o PMDB, está metido na maior corrupção da história do Brasil, envolvendo diretamente o presidente da República, Michel Temer. Considerado o melhor governador do Brasil, Confúcio está diante de um dilema. Se muda de partido para sair candidato ao Senado Federal ou se permanece arriscando não ser eleito.

À interlocutores ele afirma que não sairá candidato, que vai ficar até o final do governo dele. Entenda-se como final do governo qualquer dia até 31 de dezembro de 2018. É só ele escolher o dia que deseja deixar o Palácio Rio Madeira. Até hoje, se quiser descansar mais cedo.

O fato é que Confúcio tem cacife para se eleger senador. É consenso até na oposição. Todos aprovam a administração municipalista dele. Confúcio não nega apoio à nenhuma prefeitura de Rondônia.

Com o final dos mandatos de Ivo Cassol (PP) e Valdir Raupp (PMDB), serão duas vagas para Confúcio disputar. Uma delas tem outro forte pretendente, o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), que é parceiro do governador. Jesualdo tem sido considerado o melhor prefeito da BR-364. Tem tudo para se eleger também.

Sucessão

O PMDB tem um candidato ao governo de Rondônia, o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho. Nome forte na região central, mas sem potencial para enfrentar o desgaste do PMDB. O senador Ivo Cassol disse que vai se lançar candidato, mas está condenado e inelegível até 2022. Contará com a benevolência de juízes e ministros para liberar a candidatura dele.

Novas caras

Surgem no horizonte novos nomes para a sucessão de Confúcio Moura. Um destes nomes trata-se do jovem professor universitário e advogado Vinícius Valentin Radual Miguel, o  Vini Miguel, que foi lançado há um mês pela REDE e ganhou a simpatia da comunidade. Outro nome lançado foi o do advogado Jackson Chediak (PCdoB) que é bem relacionado no meio jurídico. Também foi lançado o jovem empreendedor Augusto Pellúcio, pelo partido LIVRES.

 

Mais acessadas

To Top