Eleições 2018

ELEIÇÕES 2018: EMBATE ENTRE ACIR GURGACZ E IVO CASSOL PODE SER VIOLENTO

PORTO VELHO- A política para o senador Ivo Cassol (Progressistas) parecia caminhar para o final com a condenação dele a 4,8 anos de prisão, mas a vida é uma caixinha de surpresas. Estamos falando de Ivo Cassol e aí tudo pode acontecer. Quando tudo parecia perdido, eis que ministros bondosos e cheios do espírito natalino resolvem amenizar a pena do italiano e ele voltou a respirar. Ainda está inelegível, mas, nós estamos falando de Ivo Cassol. O senador que, como governador idealizou e executou as obras do novo cartão postal da cidade, o Complexo Político Administrativo (CPA), quer ter o gostinho de apreciar sua cria mais de perto.

Bem, digamos que Ivo Cassol consiga o registro da candidatura dele, teremos uma briga boa pelo governo do estado de Rondônia. Se antes o senador Acir Gurgacz (PDT) estava tranquilo, na ponta de todas as pesquisas, eis que um novo nome começará a incomodá-lo. É possível que os dois polarizem as atenções do eleitorado. Por um lado, um candidato comedido, Acir. Pelo outro, um candidato sem papas na língua, Cassol. Não esperem águas tranquilas nas eleições de 2018 com estes dois na disputa. Num eventual debate, porém, não haverá dúvida nenhuma de que Acir levará mais vantagem sobre Cassol. Nas ruas, o embate entre as duas prováveis campanhas poderá ser travado com algum grau de violência pelos seus exércitos bem pagos.

Segundo o jornalista e especialista em marketing político Armando Bueno, com empresa em Porto Velho, vai ganhar aquele que dominar as redes sociais e melhor souber usar as plataformas do mundo virtual. A internet será a diferença entre a vitória e a derrota. Neste quesito, os candidatos menos aquinhoados financeiramente são os mais criativos e passam mais tempo mostrando suas capacidades e conhecimentos nas redes sociais.

Os candidatos

As eleições de 2018 serão dos milhões de Acir e Cassol contra os tostões de José Guedes (PSDB), Maurão de Carvalho (PMDB), Vinícius Miguel (REDE), Marcos Pereira (PT), Jackson Chediak (PCdoB) e do novato na disputa, Pedro Nazareno (PSTU). Destes, o que tem utilizado as redes sociais com mais intensidade é Vini Miguel que tem passado a ideia de que é de uma esquerda light, porém intensa.

Mais acessadas

To Top