Eleições 2018

Sem candidato ficha limpa, PSDB pode lançar Cássio Cunha Lima à presidência em 2018

cassio3O PSDB Nacional atravessa uma fase de ebulição. Encrenca de Aécio Neves (MG) com a Lava Jato o distancia da rotina partidária. O vice-presidente Cássio Cunha Lima, líder da bancada tucana, é o nome mais cotado para substituir o colega mineiro na presidência do partido em nível nacional. O senador paraibano tem o apoio do próprio Aécio e, ainda, José Serra, licenciado do mandato por estar ocupando Ministério no governo Michel Temer.

Pelos apoios conquistados, sem se quer estar trabalhando para ser o próximo presidente nacional do PSDB em 2017, mostra que Cássio preenche os requisitos dos métodos e, sobretudo, de ideais do Partido da Social Democracia Brasileira. A informação está contextualizada em nota veiculada no blog de Cláudio Humberto, sob o título: Eleição no ninho.

O escrito diz o seguinte: Atual líder da bancada tucana, o senador Cássio Cunha Lima (PB) é cotado como candidato a presidente do partido, em 2017. Conta com apoio do senador Aécio Neves (MG) e do ministro José Serra”.

Com mais de seis meses de antecedência, a intenção é manter a unidade do partido e começar a trabalhar, decerto, um nome para a disputa presidencial de 2018. Além de ser o líder da bancada do partido no Senado, Cássio não pertence a nenhum dos grupos do ninho. Pelo contrário, detém o apoio dos tucanos.

Marcone Ferreira- Paraiba.com.br

Mais acessadas

To Top